SIBE - Sociedad de Etnomusicología
Explorar TRANS:
Por Número >
Por Artículo >
Por Autor >

Cargando


Share |
Suscribir RSS Suscribir RSS Feed

SIBE
Blog Observatorio de Prácticas Musicales Emergentes
ETNO Revista de música y cultura
IASPM - Espana
Musicalogía feminista
ICTM
IASPM - International Association for the Study of Popular Music

< Volver

Música e sociabilidade no Alto Rio Negro, Amazonas, Brasil

Líliam Cristina Barros Cohen (Universidade Federal do Pará, Brasil)

Descargar / Download PDF >  Descargar / Download PDF >


Resumen

O artigo apresenta aspectos das concepções musicais indígenas da região do Alto Rio Negro, no estado do Amazonas, Brasil, a partir de pesquisas na sede do município de São Gabriel da Cachoeira; no distrito de Iauaretê com a experiência de um sib Desana, na fronteira entre Colômbia e Venezuela; e com breves considerações sobre algumas práticas musicais em duas comunidades Baré e Werekena, no rio Xié. Na região vivem pessoas pertencentes a 23 etnias indígenas falantes de línguas diferentes e que compartilham um sistema cultural. Esta população está distribuída em distritos urbanos e em pequenas comunidades ao longo dos rios da bacia do Rio Negro. A importância da música na cultura dos povos indígenas do Alto Rio Negro pode ser simbolizada pela maloca—Basa Wii, habitação tradicional não mais presente na quase maioria das comunidades da região, construída no período “pré-humanidade” e concebida como “Casa do Conhecimento.” Pretende-se apresentar as dimensões simbólicas, políticas e sociais que os repertórios musicais envolvem e sua intrínseca relação com a Basá Wii a partir da perspectiva do sib Desana Guahari Diputiro Porã, tendo como pano de fundo o caráter multiétnico da região. Para os povos do Alto Rio Negro, a prática musical está relacionada com o processo de criação e transformação da humanidade, especialmente demonstrada no aprendizado das flautas sagradas denominadas pelos Desana de Miriá Porã. Aspectos relacionados com sociabilidade, como trocas de bens artesanais e de comida, alinhamentos políticos, confraternizações e relações de parentesco, serão discutidas a partir da compreensão do ritual do Poosé, que envolve repertórios musicais considerados solenes e não- solenes. O artigo dialoga com a produção etnomusicológica sobre as práticas musicais indígenas amazônicas e aponta questões relacionadas às concepções musicais indígenas. Questões referentes ao desafio da pesquisa etnomusicológica na Amazônia também serão pontuadas, notadamente sublinhando o caráter colaboracionista dos trabalhos.

Palabras clave: Música, sociabilidade, Desana, Ameríndios.

 

Abstract

This article presents aspects of the indigenous musical concepts at the Upper Negro River region from the experience of a Desana sib. It also discusses some musical practices of two indigenous communities at the Xié River: Baré and Werekena. At this region, which is situated between Colombia and Venezuela, there are people from twenty-three ethnic groups that share a cultural system, but speaking different languages. Those people live in urban districts and in small communities along the rivers that form the Negro River. The significance of music in the Upper Negro River indigenous groups may be symbolized by the Basa Wii, a traditional house originally designed as the “house of knowledge” in the “pre-human” period, but no longer in use by most of the communities. This work intends to show the symbolic, political and social dimensions of those communities’ musical repertoires, as well as their intrinsic ties with the Basa Wii. All discussion will be based on the perspective of the Desana Guahari Diputiro Porã sib and the multi-ethnic characteristic of the Upper Negro River region. For those people the musical practice is linked with the process of creation and transformation of mankind; one example is the sacred flutes called Miriá Porã by the Desana group. The article also discusses social aspects of those communities, such as the exchange of products, political agenda, celebrations, and the Poosé ritual. Finally, some questions regarding the role of ethnomusicological researches in the Amazon are addressed.

Keywords: Music, sociability, Desan, Amerindian.


Fecha de recepción: octubre 2015
Fecha de aceptación: mayo 2016
Fecha de publicación: Diciembre 2016

Received: October 2015
Acceptance Date: May 2016
Release Date: December 2016 



Subir >


TRANS - Revista Transcultural de Música